Entrevista realizadas durante a 4ª EDIÇÃO da CONFERÊNCIA INTERNACIONAL NA SUPERFÍCIE: FOTOGRAFIA E ARQUITETURA, ATRAVESSANDO FRONTEIRAS E DESLOCANDO LIMITES. FAUP. Setembro de 2016

Outros autores entrevistados:

Anna Fox | Karen Knorr  | Marco Iuliano | Paolo Rosselli  | Philipp Schaerer | Pedro Bandeira | Ângela Ferreira | Carlos Lobo | José Pedro Cortes | Lara Jacinto | Mariela Apollonio | Olívia da Silva | Walter Costa

Estas entrevistas oferecem-nos um espaço de exploração e reflexão sobre o nosso tempo e sobre os mundos da arquitetura e da fotografia, vista como documento e / ou como arte. Constituem uma série de 13 registos únicos que foi possível gravar porque os autores concordaram falar em primeira mão sobre si mesmos e sobre o seu trabalho partilhando as suas ideias e experiências.  


ler entrevistas em Inglês


 

Paolo Rosselli é um dos principais expoentes da fotografia de paisagem e arquitectura na Itália desde o início dos anos 80. A sua abordagem à arquitetura através da fotografia evolui em diversas direções e interesses: na direcção da arquitetura contemporânea na Europa, na direcção dos grandes mestres da arquitetura moderna como Giuseppe Terragni, e na direção do passado, dirigindo o seu interesse para a arquitetura renascentista na Itália. Além destas atividades, o autor desenvolveu diversas pesquisas focalizadas sobre a paisagem urbana contemporânea e sobre os interiores dos espaços de habitação, vistos como lugares onde as pessoas deixam traços da sua vida. Foi convidado para a Bienal de Veneza em três edições: em 1993 expôs diversos trabalhos sobre sinais e mensagens encontradas nas cidades; em 2004, expôs um estudo sobre o interior do espaço de habitação; e por último, em 2006, apresentou um grupo de imagens de cidades contemporâneas como o México, Shanghai, L.A., Istambul, Londres. Mais recentemente, publicou o livro Sandwich Digitale e Scena Mobile e, no total, é autor de cerca de vinte livros. Paolo Rosselli foi professor de fotografia no Politécnico de Milão por um breve período de tempo. Vive e trabalha em Milão. 

Nesta entrevista, Paolo Rosselli explica que um dos entendimentos da fotografia de arquitetura é, de acordo com uma percepção aceite pelo público em geral, a de um campo disciplinar especializado com as suas técnicas, os seus modelos e regras visuais próprios. No entanto, mesmo este tipo de documento fotográfico faz também parte do mundo pessoal do fotógrafo; e o aspecto intrigante que a fotografia de arquitetura pode assumir é resultado da interpretação do autor e de como ele, subjetivamente, interage e participa no jogo da percepção. O autor pode fazê-lo seguindo direções e tipos de narrativas de fotografia diversas; ou então, partindo numa outra direcção, mais interiorizada, a do silêncio do espaço / cena. E o jogo pode continuar até com outras influências derivadas da técnica fotográfica e do tipo da câmara a utilizar. Mesmo entre os pioneiros da fotografia, há uma tendência para passar do que é uma visão descritiva pura para uma visão mais rica, uma relação mais significativa que se estabelece com a arquitetura, que a perturba ou influencia e percebe a sua relação com o contexto, muitas vezes com elementos aparentemente estranhos. Podemos de certa forma  dizer que o fotógrafo é muitas vezes atraído para o lado desconhecido da representação.

Esta entrevista revela assim o interesse de Paolo Rosselli em perceber a fotografia de arquitetura de forma mais profunda e da importância que ele dá ao universo editorial das publicações em livro. Para Paolo Rosselli o papel que as publicações em livro podem assumir para o discurso contemporâneo do universo da fotografia de arquitetura é enorme. O autor enfatiza a importância de publicar em suporte de papel, dizendo que quando isso acontece o autor é obrigado a uma maior rigor e os conteúdos reflectem uma maior profundidade. De facto, publicar em papel envolve um trabalho maior que requer acima de tudo tempo para pensar e tomar decisões, o que é muito diferente de publicar em plataformas digitais na Internet.
 

Este clip foi editado a partir da entrevista original realizada durante a 4ª EDIÇÃO DA CONFERÊNCIA INTERNACIONAL NA SUPERFÍCIE: FOTOGRAFIA E ARQUITETURA, ATRAVESSANDO FRONTEIRAS E DESLOCANDO LIMITES. FAUP. Setembro de 2016

Mais informações sobre a conferência aqui: http://nasuperficie.ccre-online.com e nas publicações Scopio Editons e catálogo Na superfície: Espaço público e imagens arquitetônicas em Debate

 

Coordenação

Pedro Leão Neto  (CCRE - CEAU – FAUP / scopio Editions)

Interviewer: Inaki Bergera

Video and Editing of original interview: ESMAD/P.Porto

Interview clip and online Edition in scopio Network: Jiôn Kiim (scopio Editions) Sandra Teixeira (scopio Editions)

Conversas Utópicas - Ana Aragão

Vertical reclamations of individual spaces

 

A TALK ON ARCHITECTURE IN PHOTOGRAPHY

por Pedro Gadanho & Paolo Rosselli
 

ENTREVISTA: José Pedro Cortes

Entrevista realizadas durante a 4ª EDIÇÃO da CONFERÊNCIA INTERNACIONAL NA SUPERFÍCIE FAUP | Setembro de 2016

INTERVIEW: José Pedro Cortes

Interview conducted during the 4TH EDITION INTERNATIONAL CONFERENCE ON THE SURFACE - FAUP | September 2016

Páginas