Entrevista realizadas durante a 4ª EDIÇÃO da CONFERÊNCIA INTERNACIONAL NA SUPERFÍCIE: FOTOGRAFIA E ARQUITETURA, ATRAVESSANDO FRONTEIRAS E DESLOCANDO LIMITES. FAUP. Setembro de 2016

Outros autores entrevistados:

Anna Fox | Karen Knorr  | Marco Iuliano | Paolo Rosselli  | Philipp Schaerer | Pedro Bandeira | Ângela Ferreira | Carlos Lobo | José Pedro Cortes | Lara Jacinto | Mariela Apollonio | Olívia da Silva | Walter Costa

Estas entrevistas oferecem-nos um espaço de exploração e reflexão sobre o nosso tempo e sobre os mundos da arquitetura e da fotografia, vista como documento e / ou como arte. Constituem uma série de 13 registos únicos que foi possível gravar porque os autores concordaram falar em primeira mão sobre si mesmos e sobre o seu trabalho partilhando as suas ideias e experiências.  


ler entrevistas em Inglês


 

Paolo Rosselli é um dos principais expoentes da fotografia de paisagem e arquitectura na Itália desde o início dos anos 80. A sua abordagem à arquitetura através da fotografia evolui em diversas direções e interesses: na direcção da arquitetura contemporânea na Europa, na direcção dos grandes mestres da arquitetura moderna como Giuseppe Terragni, e na direção do passado, dirigindo o seu interesse para a arquitetura renascentista na Itália. Além destas atividades, o autor desenvolveu diversas pesquisas focalizadas sobre a paisagem urbana contemporânea e sobre os interiores dos espaços de habitação, vistos como lugares onde as pessoas deixam traços da sua vida. Foi convidado para a Bienal de Veneza em três edições: em 1993 expôs diversos trabalhos sobre sinais e mensagens encontradas nas cidades; em 2004, expôs um estudo sobre o interior do espaço de habitação; e por último, em 2006, apresentou um grupo de imagens de cidades contemporâneas como o México, Shanghai, L.A., Istambul, Londres. Mais recentemente, publicou o livro Sandwich Digitale e Scena Mobile e, no total, é autor de cerca de vinte livros. Paolo Rosselli foi professor de fotografia no Politécnico de Milão por um breve período de tempo. Vive e trabalha em Milão. 

Nesta entrevista, Paolo Rosselli explica que um dos entendimentos da fotografia de arquitetura é, de acordo com uma percepção aceite pelo público em geral, a de um campo disciplinar especializado com as suas técnicas, os seus modelos e regras visuais próprios. No entanto, mesmo este tipo de documento fotográfico faz também parte do mundo pessoal do fotógrafo; e o aspecto intrigante que a fotografia de arquitetura pode assumir é resultado da interpretação do autor e de como ele, subjetivamente, interage e participa no jogo da percepção. O autor pode fazê-lo seguindo direções e tipos de narrativas de fotografia diversas; ou então, partindo numa outra direcção, mais interiorizada, a do silêncio do espaço / cena. E o jogo pode continuar até com outras influências derivadas da técnica fotográfica e do tipo da câmara a utilizar. Mesmo entre os pioneiros da fotografia, há uma tendência para passar do que é uma visão descritiva pura para uma visão mais rica, uma relação mais significativa que se estabelece com a arquitetura, que a perturba ou influencia e percebe a sua relação com o contexto, muitas vezes com elementos aparentemente estranhos. Podemos de certa forma  dizer que o fotógrafo é muitas vezes atraído para o lado desconhecido da representação.

Esta entrevista revela assim o interesse de Paolo Rosselli em perceber a fotografia de arquitetura de forma mais profunda e da importância que ele dá ao universo editorial das publicações em livro. Para Paolo Rosselli o papel que as publicações em livro podem assumir para o discurso contemporâneo do universo da fotografia de arquitetura é enorme. O autor enfatiza a importância de publicar em suporte de papel, dizendo que quando isso acontece o autor é obrigado a uma maior rigor e os conteúdos reflectem uma maior profundidade. De facto, publicar em papel envolve um trabalho maior que requer acima de tudo tempo para pensar e tomar decisões, o que é muito diferente de publicar em plataformas digitais na Internet.
 

Este clip foi editado a partir da entrevista original realizada durante a 4ª EDIÇÃO DA CONFERÊNCIA INTERNACIONAL NA SUPERFÍCIE: FOTOGRAFIA E ARQUITETURA, ATRAVESSANDO FRONTEIRAS E DESLOCANDO LIMITES. FAUP. Setembro de 2016

Mais informações sobre a conferência aqui: http://nasuperficie.ccre-online.com e nas publicações Scopio Editons e catálogo Na superfície: Espaço público e imagens arquitetônicas em Debate

 

Coordenação

Pedro Leão Neto  (CCRE - CEAU – FAUP / scopio Editions)

Interviewer: Inaki Bergera

Video and Editing of original interview: ESMAD/P.Porto

Interview clip and online Edition in scopio Network: Jiôn Kiim (scopio Editions) Sandra Teixeira (scopio Editions)

ENTREVISTA AO DIRETOR DA LINHA EDITORIAL SCOPIO

Entrevista da TVU (Universidade do Porto) ao diretor da linha editorial scopio, Pedro Leão Neto, acerca das publicações e eventos criados pela scopio.

SCOPIO DEBATES: DUELO/DUETO (AAI) | VIDEO: "INTRODUÇÃO"

com Eduardo Souto de Moura e Rui Chafes

ON THE SURFACE: LOST IN TRANSLATION - REALITY AS FAKE, IMAGE AS REALITY

presentation by Francisco Ferreira

Docente, Escola de Arquitectura da Universidade do Minho, Guimarães

ON THE SURFACE: JAMES STIRLING AND PHOTOGRAPHY

presentation by Marco Iuliano,

Senior Lecturer and Director of Research, University of Liverpool, School of Architecture

Pages