APROPRIAÇÕES

by Pedro Gonçalves

 

As dificuldades na definição do património contruído, na sua divulgação e reabilitação a nível nacional e neste caso regional levaram ao surgimento deste tema.

Apropriações surge aqui como uma crítica, uma nova maneira de olhar, um novo sentido que visa caracterizar a maneira como o homem insular se apropria do território, como o adossa ás suas necessidades e qual a expressão plástica destas transformações.

A ilha da Madeira constitui um território marcado por acentuados declives, grandes falésias que por vezes de sabam e criam novas escarpas e onde através de ocasionais perturbações surgem os planaltos, colinas verdejantes, rochedos maciços, vales profundos, e uma costa delineada. A ilha constitui assim através da sua orografia, matéria escultórica ao Homem, e este vai transforma-la e reinterpreta-la umas vezes com conotação positiva outra nem tanto, neste trabalho são expostas ambas as situações e é com esta crítica que se pretende consciencializar para a perda irreversível daquilo que pode ser uma identidade vernacular intrínseca da ilha da Madeira.

O projecto encontra-se num formato de folhas soltas, evidenciando assim a identidade de cada momento e a sua perenidade embora todos esses momentos se subscrevam a uma narrativa crítica comum.

ILLUMINATIONS

by Jessica Formela

INTERFERÊNCIAS

by Jorge Perez, Lise Kerdraon, Lucas Juszczak, Mickaël dos Santos, Saule Grybenaite

PORPHYRIAN NET

by Mickael dos Santos

SELVA URBANA

por Daniel Carvalho, Lara Hass e Mercês Oliveira

APROPRIAÇÕES

by Pedro Gonçalves

Pages