CONCURSO INTERNACIONAL DE FOTOGRAFIA: 15 AGOSTO - 4 NOVEMBRO

Credits: images © Cláudio Reis

DOURO PATRIMÓNIO CONTEMPORÂNEO - ARQUITECTURA | ARTE | IMAGEM

MUSEU DO DOURO - PRÉMIOS PARA MELHORES FOTÓGRAFOS

CONVOCATÓRIA NOVOS TALENTOS - EMERGENTES

Os objectivos deste concurso são o de reforçar a fotografia como um instrumento inquisitivo, procurando fotógrafos emergentes, ou seja, novos talentos e consciência em direcção à fotografia e ao universo da arquitectura, tanto em Portugal como no estrangeiro.

Reconhecendo a importância da fotografia na formação de memórias coletivas, o Museu do Douro lança um concurso fotográfico que pretende dinamizar e dar visibilidade ao património construído no presente, parte da memória futura, atividade inserida no projeto “Fotografia Contemporânea no Douro”. Este é um projeto de recolha fotográfica com enfoque na paisagem e património da Região Demarcada do Douro para a construção de um arquivo de referência, em suporte digital, sobre o espaço e o tempo durienses.

No campo da arquitetura contemporânea assiste-se ao desenvolvimento de grandes projetos de autor, pautados por exemplos à macro escala, como barragens e equipamentos culturais, ou de menor dimensão, com a edificação e recuperação arquitetónica com ligações ao enoturismo e à produção vinícola. 

O concurso tem por objetivo estimular processos de contacto com o território e a sua representação, bem como sensibilizar todos os participantes para a descoberta e observação da Região. O desafio proposto passa por desenvolver um roteiro arquitetónico e artístico das barragens do Douro enquanto grandes obras transformadoras da paisagem.

As imagens a concurso serão integradas na base de dados “Arquivos Visuais” do Museu do Douro, projeto que procura identificar e divulgar a documentação visual associada à Região Demarcada.  

Pretende-se obter uma relação entre a arquitetura e o seu contexto, materializado também naquilo que é a sua implantação, tendo em consideração as particularidades das técnicas de construção, que devem igualmente fazer parte do olhar diferenciado de cada participante. 

Compreender lugares (possivelmente) desconhecidos deste território e promover um novo olhar sobre a fotografia são os principais objetivos deste concurso, inserido no protocolo mecenático celebrado entre o Museu do Douro e a EDP-Gestão da Produção de Energia S.A.

TEMAS E ENFOQUE DO CONCURSO

Pretende-se com este concurso dinamizar e dar visibilidade ao património construído atual, reforçando a cultura Fotográfica como instrumento privilegiado para comunicar de forma diferenciada o Património Duriense que reflecte uma síntese única entre o património humano, arquitectónico e paisagístico na região.   O concurso centrando-se na arquitetura de grande escala e de autor, como as barragens, adegas e equipamentos culturais, bem como projetos de reabilitação e intervenção  habitacional ou  urbana,  que  importa   observar   e divulgar. O objectivo é o de estimular   o contacto  com  as  transformações  arquitetónicas recentes  sobre  o território,  levando  os seus participantes à descoberta e observação  da região.

Pretende-se que transmitam um novo olhar sobre os lugares criados pela arquitetura contemporânea num Douro carregado de simbolismo histórico.  Além disso, as imagens a concurso enriquecem a base de dados “Arquivos Visuais” do Museu do Douro, projeto que procura identificar e divulgar a documentação visual associada à Região Demarcada.

 

JÚRI

O Júri do concurso é composto por:

•    Fernando Seara, diretor do Museu do Douro;

•    Maria Clara Maia, representante da EDPP;

•    Bernardino Castro, diretor do Centro Português de Fotografia;

•    José Manuel Pedreirinho, presidente da Ordem dos Arquitec-tos;

•    José Paiva, diretor da Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto;

•   Pedro Leão Ramos Ferreira Neto, diretor da ACC e docente / investigador na Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto. 

(para mais informações ver em regulamento)

 

PRÉMIOS

NOTA: PARA ALÉM DOS PRÉMIOS MENCIONADOS NO REGULAMENTO (8.1 e 8.2) EXISTE O PRÉMIO SCOPIO EMERGENTE PARA A MELHOR PARTICIPAÇÃO: (1) UMA MÁQUINA FOTOGRÁFICA DIGITAL SLR (MODELO A SER ANUNCIADO) ; (2) PUBLICAÇÃO DO TRABALHO FOTOGRÁFICO PELA SCOPIO EDITIONS. 

8.1. Todos os trabalhos selecionados pelo júri do concurso integrarão uma exposição temporária e itinerante promovida pelo Museu do Douro.

8.2. Serão ainda atribuídos prémios às três melhores participações.  1º lugar—Vale de 1.000€ em material fotográfico 2º lugar—Vale de 500€ em material fotográfico 3º lugar—Vale de 250€ em material fotográfico 

8.3. A entrega dos prémios será feita em cerimónia pública, no dia 14 de dezembro de 2018 (Dia do Douro Património Mundial).  (para mais informações ver em regulamento)

 

REGULAMENTO

CAPÍTULO I

Âmbito e aplicação 

1.1. O concurso internacional de fotografia Douro Património Contemporâneo: Arquitetura, Arte e Imagem é uma iniciativa promovida e organizada pela Fundação Museu do Douro, F.P. em parceria com a Associação Cultural Cityscópio (ACC) e o grupo de investigação CCRE-CEAU-FAUP, tendo o apoio mecenático da EDPP. 

1.2. O concurso está aberto a todos os fotógrafos amadores e profissionais, nacionais e estrangeiros.

(...)

(para mais informações ver em regulamento)

Regulamento (Pdf)

Regulamento (ISSUU)

 

FAZ O TEU REGISTO E OBTEM UM SALVO CONDUTO

Com o objectivo de dar credibilidade e facilitar o acesso dos fotógrafos a muitos dos locais e arquitecturas de interesse para o concurso, nomeadamente à arquitetura de grande escala e de autor, como as barragens, adegas e equipamentos culturais, bem como projetos de reabilitação e intervenção habitacional ou  urbana,  que  importa   observar e divulgar, aconselhamos os participantes a efectuarem o seu registo através do endereço de mail (...).  

Será oferecido um salvo conduto pelo Museu do Douro que permitirá aos fotógrafos identificarem-se como participantes no concurso e assim verem facilitado o acesso a diversos locais de interesse, bem como outras mais valias que a organização irá procurar obter com vista a facilitar uma estratégia de integração e aceitação do concurso e seus participantes por parte de diversos quadrantes. Por um lado, criar condições para que possa existir um apoio significativo de diversos responsáveis representativos da região que facilite o acesso ao seu território por parte dos Fotógrafos emergentes que participão no concurso. Por outro lado, contribuir para que esse contacto possa constituir uma possibilidade de troca de conhecimentos que ajude a melhor perceber as praticas e identidade do Douro e sua Arquitectura e assim ajudar a uma maior internacionalização e diferenciação desta região por todo o mundo.

 

O TEU DOURO

Junte-se ao nosso Grupo no Facebook para participar!

A missão de O TEU DOURO é a de promover junto dos durienses e para todos os especialistas ou amadores interessados por esta região e pelo universo da imagem, um trabalho colectivo para o registo de Memórias, Vivências, Ocupações, Espaços Públicos e Arquitectura sobre o território do Douro e que funciona em paralelo ao CONCURSO INTERNACIONAL DE FOTOGRAFIA: DOURO PATRIMÓNIO CONTEMPORÂNEO.

O objectivo do O TEU DOURO é operar como um espaço singular para a comunicação e divulgação de conteúdos entre os Durienses (e não só) funcionando como registo vivo da história das pessoas e espaços do Douro sob forma de fotografia e / ou vídeo. Os vídeos e fotografias – imagens em movimento e / ou fixas revelando pessoas, costumes, vivências e usos dos espaços, deverão procurar integrar neles um espaço público ou monumento(s) ou edifício(s) singular(es) do território do Douro como pano de fundo, de forma a permitir a identificação dos espaços.

O TEU DOURO é assim um call público, aberto a todas as pessoas com alguma ligação ou interesse pelo território do Douro. O call funciona num grupo da rede social do Facebook criado e gerido pela Organização (https://www.facebook.com ....), responsável por este concurso. Qualquer pessoa com o interesse em participar no call poderá solicitar a sua inclusão neste grupo de forma a poder participar e ver as participações de outros utilizadores. Cada participação deverá ser assim composta (para além do vídeo ou fotografia) por uma descrição contendo indicações sobre a data do registo, o nome do(s) autor(es), as pessoas e espaços representados.

 

O TEU DOURO tenta desta forma dar resposta através do universo criativo e de imagens à necessidade de uma maior participação pública, encorajando as pessoas a participar activamente na criação de uma base de dados de imagens fixas e em movimento que reflectem o olhar das pessoas que visitam, trabalham e vivem no território do Douro, podendo ser o início de um projecto de construção de uma base de dados (memória colectiva viva) sobre o Douro.

 

ACERCA

Organização

Museu do Douro

 

Parceria

Associação Cultural Cityscopio

CCRE-CEAU-FAUP

 

Mecenas EDP

Gestão da Produção de Energia S. A.

 

CONTACTOS

FUNDAÇÃO MUSEU DO DOURO, F.P.

Rua Marquês de Pombal

5050-282 Peso da Régua

Telefone 254 310 190

Endereço eletrónico

dourofoto@museudodouro.pt

Endereço web

www.museudodouro.pt

CONCURSO INTERNACIONAL DE FOTOGRAFIA: 15 AGOSTO - 4 NOVEMBRO

DOURO PATRIMÓNIO CONTEMPORÂNEO - ARQUITECTURA | ARTE | IMAGEM

MUSEU DO DOURO - PRÉMIOS PARA MELHORES FOTÓGRAFOS

SCOPIO INTERNATIONAL PHOTOGRAPHY CONTEST 2018

NEW DEADLINE | Crossing Boarders and Shifting Boundaries: Territory

Deadline for entries: December 31, 2018 23:59 (Portuguese time), addresed to the following e-mail: scopiocontests@cityscopio.com

SCOPIO INTERNATIONAL PHOTOBOOK CONTEST 2018

NEW DEADLINE | Crossing Boarders and Shifting Boundaries: Territory

Deadline for entries: December 31, 2018 23:59 (Portuguese time), for any information or inquiry use the following e-mail: scopiocontests@cityscopio.com

FUTURE MEMORIES CONTEST

Deadline for submissions: 01.07.2016

DRAWING AND PHOTOGRAPHY INTERNATIONAL CONTEST (DPIC)

Architecture Art and Media (AAI) - Utopia 500

Prazo de submissões: 31.07.2016

Páginas